Os perigos da exposição infantil na internet

Crianças mexendo no celular
Crianças entretidas com seus celulares

Para os pais, dividir os cliques de seus pequenos através das redes pode parecer natural. No entanto, é preciso tomar cuidado com os possíveis riscos trazidos por essa exposição dos filhos nas redes sociais.

Se seus filhos já possuem suas próprias contas nas redes, também é necessário acompanhar de perto suas atividades online.

De acordo com a Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI), a pedofilia figura como um dos crimes mais praticados na internet. 

“Fotos íntimas de crianças, ou nas quais aparecem sem camisa ou tomando banho, por exemplo, atraem a atenção de pessoas mal intencionadas”, diz a advogada Isabela Guimarães Del Monde, especialista em Direito Digital

Além de criminosos poderem utilizar essas fotos, eles também podem ter acesso aos seus filhos na vida real. Hoje é muito fácil saber os lugares que frequentam através do recurso de localizações no feed ou em stories. Portanto, todo cuidado é pouco.

A psicóloga e professora do Departamento de Psicologia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP, Luciana Carla dos Santos Elias, alerta ainda para os efeitos das redes sociais na saúde mental e auto-estima de nossos pequenos: “Existe o mundo ideal e o mundo real. Muitas vezes a internet apresenta uma vida perfeita e inalcançável. Isso pode impactar diretamente na autoestima e percepção de mundo das crianças e adolescentes, portanto, o diálogo, a mediação e o estabelecimento de limites pelos responsáveis é imprescindível.” 

criança chateada com pouco engajamento nas redes sociais
Criança triste com seu desempenho nas redes sociais

Nas redes sociais, a comparação com o outro e a retratação de padrões de beleza inalcançáveis podem ter como consequência a diminuição da autoestima. Além disso, elas também podem se tornar vítimas de cyberbullying, o que pode acentuar problemas de ordem emocional.  

Utilizar as redes sociais pode ser benéfico para nossos filhos se feito de maneira saudável e supervisionada. O diálogo aberto e constante entre pais e filhos sobre todas essas questões é de extrema importância para prepará-los para o convívio no ambiente virtual. 

Manter o canal de comunicação aberto com seus filhos pode ser uma tarefa difícil, não é mesmo? Neste artigo , você pode encontrar algumas dicas para melhorar o diálogo com eles!

Portanto, papais, não é necessário cortar toda e qualquer exposição de seus filhos nas redes, mas é  primordial acompanhá-los de perto e estar sempre atento a qualquer sinal de que essa exposição possa estar sendo prejudicial.

E lembre-se: as atividades em família são muito importantes para que seus filhos estejam mais próximos de você e não fiquem apenas focados no mundo digital . Confira nosso post com dicas de brincadeiras super divertidas em família!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.